Datas comemorativas de Fevereiro

Clique aqui para baixar o pacote gratuitamente do mês de Fevereiro.

Vinhetas para rádios com tempo médio de 2 minutos, ótimo para agregar valor a sua programação
Tendo algum problema no arquivo solicito usar o formulário do lado do blog para relatar o ocorrido e corrigirmos o erro.

01 - Dia do Publicitário

A data homenageia os profissionais de comunicação social que são responsáveis em pensar, criar e desenvolver campanhas publicitárias destinadas a promover ideias, lugares, empresas, organizações, produtos, pessoas e etc.

Os publicitários trabalham tendo como principal característica a criatividade, por causa disso são considerados profissionais "despojados", "jovens" e sem horários fixos. A construção de um bom ambiente de trabalho é essencial para o desenvolvimento da inspiração necessário para o publicitário criar suas peças e projetos
Origem do Dia do Publicitário

O Dia do Publicitário no Brasil é comemorado no dia 01 de fevereiro em referência ao Decreto de Lei nº 57.690, de 1º de fevereiro de 1966, que por sua vez regulamenta o Decreto de Lei nº 4.680, de 18 de junho de 1965, que regulamenta o exercício da profissão de publicitário e de agenciador de propaganda no país.

Para fiscalizar e controlar os direitos e deveres dos profissionais que trabalham com a publicidade, foi criado o CONAR - Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária.

A principal função do CONAR é garantir a ausência de publicidades enganosas e que sejam de caráter abusivo ou constrangedor para a população, além de garantir a liberdade de expressão comercial.

Dia 02 - Dia do Agente Fiscal

A data tem o objetivo de homenagear a importância do papel do agente fiscal para garantir uma ordem na sociedade. O agente fiscal é o profissional que representa e aplica a lei de fiscalização da cobrança de impostos, dando suporte às ações do governo.

O Agente Fiscal está presente em todas as áreas da economia e sociedade, como indústria, saúde, comércio, entretenimento, habitação e etc.

Para se tornar um profissional de fiscalização (um Agente Fiscal), o interessado deverá ser aprovado em um concurso público municipal, estadual ou federal, dependendo da jurisprudência que pretende atuar. Os agentes ficais não são indicados ou nomeados, mas sim concursados.

No Brasil, os profissionais da área ainda comemoram o Dia do Agente Fiscal da Receita Federal, em 27 de fevereiro. Este agente fiscal trabalha especificadamente sob os cuidados da Receita Federal, fiscalizando prováveis tentativas de fraudes ou sonegações fiscais.

Dia 03 -  Dia das Missões Portuguesas

A data é comemorada no terceiro domingo de outubro, no mês das missões. O ano de 2017 marca o 91º aniversário da data, que foi criada em 1926 pelo Papa Pio XI.
Com este dia de oração e de evangelização dos povos deseja-se incentivar a cooperação missionária pelo mundo e agradecer o contributo dos missionários na construção de um mundo melhor.
O Dia Mundial das Missões é celebrado anualmente em todos os países onde há católicos comprometidos com a construção de um mundo mais justo, digno e gratificante, onde todos têm aquilo que precisam para viver.
É o dia do ano em que se reflete sobre a urgência e o dever de ajudar o próximo. A cooperação missionária pode ser realizada pela oração, sacrifício e testemunho de vida, por meio da ajuda material aos projetos missionários, ou colocando-se à disposição para servir em missões.
Dia 04 - Dia Nacional da Mamografia
No dia 4/2 é comemorado o Dia Nacional da Mamografia, com o intuito de sensibilizar as mulheres sobre a importância da realização do exame. O câncer de mama é uma das doenças que mais matam mulheres no Brasil e no mundo e é o método mais eficaz para detectar precocemente este câncer.
 
É importante lembrar que o autoexame das mamas é realizado pela própria mulher, apalpando os seios e ajudando na identificação de tumores maiores. Porém, isso não substitui o exame clínico realizado por profissional da saúde e a mamografia. Mesmo quando a mulher não perceber nenhuma alteração durante o autoexame das mamas, é importante um profissional da saúde examiná-las anualmente.
 
Aproveite essa data para colocar em dia a sua mamografia. Procure seu médico e peça a ele que solicite o seu exame! 
 
Confira algumas informações importantes:
 
Fatores de risco
Casos da doença na família.
Primeira gestação após os 30 anos.
Não ter tido filhos.
Primeira menstruação precoce.
Menopausa tardia.
Obesidade.
Uso de álcool.
Uso de cigarro.
 
 Como prevenir
• Coma alimentos que contenham vitamina A e reduza as gorduras.
• Mantenha o peso normal.
• Evite a primeira gestação após os 30 anos e só tome hormônios com acompanhamento médico.
• Realize o autoexame mensal, porém, o mais importante é o exame médico anual e a mamografia. 
 Havendo casos de câncer de mama na família, use esse conhecimento para buscar orientação médica, principalmente, após os 30 anos.


Dia 05 - Dia do Datiloscopista

Datiloscopista trabalha com o estudo das impressões digitais para a identificação humana, o que na maioria das vezes é utilizado para fins judiciários. Ele analisa as saliências da pele, também conhecidas como papilas dérmicas, que ficam localizadas nas mãos e na planta dos pés.
Em 1882, foi criado em Paris o primeiro sistema científico de identificação, que se tratava de um sistema antropométrico criado por Alfonse Bertillon. Em 1888, foi a vez do inglês Fracis Galton estabelecer as bases científicas da impressão digital.
O político Félix Pacheco foi quem trouxe a datiloscopia para o Brasil, através da idealização do Gabinete de Identificação e Estatística da Polícia do Distrito Federal. 
Atualmente o Dia do Datiloscopista é comemorado no dia 5 de fevereiro, pois foi nesta mesma data, em 1903, que o então presidente da República, Rodrigues Alves, decretou que a datiloscopia seria utilizada na identificação de criminosos, mortos e outras pessoas desconhecidas
Dia 06 - Dia do Agente de Defesa Ambiental
O Agente de Defesa Ambiental é responsável por fiscalizar, resolver e propor atividades e obras para a conservação e prevenção do meio ambiente, através de vistorias, estudos técnicos de locais, análise de processos e avaliação de impactos, visando o cumprimento da legislação ambiental. Esse profissional promove a educação, orientando o público sobre os cuidados existentes para garantir a preservação do meio ambiente, e o seu controle de qualidade. Além disso, é sua função garantir o correto funcionamento do sistema de vigilância, monitoramento e coibição de infratores, e combater os danos causados, pelo homem, à natureza.
Graduação Necessária
Não há graduação específica para que o indivíduo possa atuar como Agente de Defesa Ambiental. Isto é, ele pode trabalhar se tiver concluído o ensino médio, ou se possuir formação superior completa em áreas como, Biologia, Engenharia Ambiental, Ecologia, entre outras. Existem também cursos de qualificação como de prevenção e incêndios, não sendo exigida experiência profissional.
Campos de Atuação
O Agente de Defesa Ambiental pode atuar nas áreas relacionadas à biologia, e nos setores ligados à agricultura, pecuária, silvicultura, exploração florestal e pescas. Esse profissional também atua na elaboração de projetos ambientais, como guarda florestal em parques, e no cargo de inspetor e policial agrícola e de mananciais.
Dia 07 - Dia do Gráfico 
Um profissional gráfico trabalha com a impressão de materiais de vários tipos. Revistas, jornais, livros, panfletos publicitários, cartazes, notas fiscais, etiquetes, convites, ou banners - se forem impressos, passam pelas mãos de um gráfico.

O Dia do Gráfico é celebrado em 7 de fevereiro porque nessa data, em 1923, aconteceu uma grande greve dos gráficos em São Paulo, liderada por João da Costa Pimenta. Os gráficos estavam protestando por melhores salários e condições de trabalho. Nesta época, a indústria gráfica estava tendo um grande crescimento. O sucesso da greve dos gráficos foi tamanho que marcou também o nascimento do sindicato dos Gráficos.

Johan Guttenberg (1400 – 1468), o "pai da imprensa", é considerado por muitas pessoas como o primeiro gráfico, e foi ele que imprimiu a primeira Bíblia.


Dia 08 - Dia do Quadro do Magistério Militar (Exército)

O Exército Brasileiro comemora, em 8 de fevereiro, o Dia do Magistério Militar. Tal data comemorativa foi instituída como forma de homenagear os profissionais que labutam diuturnamente para difundir o saber, a cultura e os valores castrenses aos alunos dos inúmeros estabelecimentos de ensino da Força Terrestre. 
Atualmente, as atividades do Magistério Militar são desempenhadas por oficiais de carreira, oficiais técnicos temporários, oficiais da reserva remunerada e professores civis. A educação que o Exército proporciona a seus discentes é baseada em tradições e valores como civismo, honra, trabalho e amor à Pátria. Essa formação holística busca atingir uma alta qualificação para os seus quadros, dando condições morais e técnicas ao indivíduo formado para bem desempenhar o papel inerente ao profissional militar brasileiro.
O início de um novo paradigma de ensino começou no século XIX, após a queda do Regime Monárquico, com importantes reformulações do ensino militar do Exército. Essa mudança teve por objetivo desenvolver conhecimentos militares pautados na prática e na linha científica – com predominância da Matemática e das Ciências Físicas. Esse novo modelo de ensino enriqueceu a Real Academia Militar da época.
Um dos expoentes que bem espelha a saudável revolução pedagógica militar é o Mestre e Marechal Roberto Trompowsky Leitão de Almeida. Natural do Estado de Santa Catarina, cidade do Desterro, atual Florianópolis, em 1853, Trompowsky foi aluno da Escola Militar, onde brilhou como estudante dedicado. Tornou-se, posteriormente, Doutor em Ciências Físicas e Matemáticas. Foi posteriormente Comandante do Colégio Militar do Rio de Janeiro, Comandante da Escola Militar da Praia Vermelha, Adido Militar junto às delegações brasileiras na Grã-Bretanha, Suíça e Itália, Professor Assistente de Analítica e Cálculo, inclusive do aluno Benjamim Constant, além de Delegado Técnico e Assessor de Rui Barbosa na Conferência Internacional da Paz em Haia, na Holanda.
Mesmo já sendo possuidor de enorme cabedal profissional, ainda se dedicou, com perseverança e tenacidade, aos estudos, na Europa, sobre os progressos do ensino militar tático e técnico. Trouxe esse aprendizado para o Brasil e o aplicou nos estabelecimentos de ensino do Exército. Após uma vida dedicada à educação e à pátria, Trompowsky foi reformado por lei compulsória em 1919, no posto de Marechal, o mais alto posto das Forças Armadas. Transcendendo o universo pedagógico militar, após 50 anos de intensa labuta, teve o seu nome enaltecido como matemático por intermédio de uma de suas obras – Lições de Geometria Integral – adotada nos melhores centros universitários da Europa e das Américas. 
O Marechal Trompowsky faleceu aos 73 anos de idade e tornou-se Patrono do Magistério do Exército por meio do Decreto nº 51.429, de 13 de março de 1962. A data de seu aniversário, 8 de fevereiro, foi instituída como Dia do Magistério Militar. O Exército Brasileiro, nessa data, presta homenagem a esse insigne educador militar, cujo exemplo é o farol para todos os educadores das escolas militares, profissionais responsáveis, por meio de diferentes dinâmicas e formas de atuação em sala de aula, pela transformação da relação ensino-aprendizagem, fazendo de seu mister um estímulo à reflexão de novos conceitos educacionais, tão necessários nesse início do século XXI.
Fonte: Exército Brasileiro


Dia 09 - Dia do Zelador

Zelar, cuidar, limpar e organizar. O papel dos zeladores são muitos, mas que se resumem em um objetivo: preservar o bem público.
A data celebra os profissionais que trabalham em escolas, hospitais, empresas e demais instituições, ajudando a manter a organização e limpeza dos espaços, sejam eles públicos ou privados.

Origem do Dia do Zelador

No Brasil, o Dia do Zelador é comemorado em várias datas diferentes, entre os dias 9 e 11 de Fevereiro, principalmente. No entanto, o Decreto de Lei nº 2.131, de 4 de outubro de 1979, da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, decretou o dia 11 de Fevereiro como o Dia do Zelador.
Dia do Zelador Escolar aparece normalmente nos calendários em 9 de Fevereiro. Normalmente, no Dia do Zelador Escolar, os profissionais recebem homenagens dos colégios, como flores, café da manhã especial ou mesmo um dia de folga.
Dia 10 - Dia do Atleta Profissional
A data homenageia todas as pessoas que fazem do esporte a sua profissão. De acordo com a lei nº 9.615, de 24 de março de 1998, o Brasil passa a reconhecer o atleta como uma profissão.
História do Atleta Profissional
Os atletas existem há cerca de 3 mil anos. O principio do esporte como uma forma de "ganhar a vida" aconteceu nos Jogos Olímpicos antigos (os que inspiraram as Olimpíadas modernas, criadas em 1896), que aconteciam em Olímpia, na Grécia, onde os atletas eram "patrocinados" por pessoas para treinarem a tempo integral.
Com as Olimpíadas se tornando mais importantes em cada edição, e com a subida de popularidade de vários esportes, como o futebol no Brasil, por exemplo, o atleta como um profissional pago passou a ser muito mais comum.
Dia 11 - Dia Mundial do Enfermo 

Esta data, de origem religiosa, tem o objetivo de apelar para a sociedade e comunidade mundial por melhores condições de tratamento e atenção às pessoas doentes, seja nos hospitais, postos de saúde ou mesmo em casa.
O Dia Mundial do Enfermo foi criado em 11 de fevereiro de 1992, por iniciativa do Papa João Paulo II
Todos os anos, no dia 11 de fevereiro, o Vaticano, sob a representação do Papa, elege um tema que norteará toda a discussão sobre o assunto junto à sociedade, governantes e mídia mundial.


Dia 12 - Dia da Fundação Nacional do Japão (660 a.C.)

O Dia da Fundação Nacional do Japão (ou 建国記念日, kenkoku kinen-bi; também 建国記念の日, kenkoku kinen-no-hi) é um feriado nacional no Japão celebrado anualmente no dia 11 de Fevereiro. Neste dia, os japoneses celebram a fundação da sua nação e da linha imperial pelo seu primeiro imperador (possivelmente mítico), Jimmu.
De acordo com registros do antigo livro Nihonshoki (Crônicas do Japão), compilado no século VIII, o primeiro imperador do Japão, Jimmu, assumiu o império em um dia de ano novo, em 660 a.C, com base no calendário chinês, por isso diz-se que Dia da Fundação Nacional se originou do “Dia de Ano Novo”.
Até janeiro de 1873 o Dia da Fundação Nacional não foi considerado feriado oficial. Mas a partir daquele ano até 1948 foi denominado Kigensetsu ou “Empire Day” (Dia da Independência), sendo abolido em função de uma nova lei em 1948. Somente em 1966, após o fim da II Guerra Mundial, o dia recebeu o nome de Kenkoku kinen-no-hi, Dia Nacional da Fundação do Japão.
*Por ser feriado nacional, na próxima terça-feira, dia 11, não funcionarão escolas, bancos, repartições públicas, consulados e hospitais.


Dia 13 - Dia Nacional do Ministério Público

A data celebra a instituição definida pela Constituição Federal que é responsável por assegurar a proteção das "coisas da sociedade", dos direitos dos cidadãos e do regime democrático da nação, funcionando como se fosse um "advogado do povo".
O Ministério Público é uma instituição pública independente, não estando vinculada a nenhum outro tipo de Poder, seja o Judiciário, o Executivo ou o Legislativo.
Cada estado brasileiro possui o seu Ministério Público, que também funciona como um controlador das leis e dos direitos assegurados à população daquele Estado.
O Ministério Público também atua com Poder de Policia independente, podendo atribuir investigações e até mesmo executar sentenças penais. A instituição participa da luta contra o crime organizado e contra os abusos às crianças e aos adolescentes.

Origem do Dia Nacional do Ministério Público

Dia Nacional do Ministério Público foi definido no Artigo 82 da Lei nº 8.625, de 12 de Fevereiro de 1993. A Lei Orgânica do Ministério Público define as regras gerais para a existência dos Ministérios Públicos em cada Estado do Brasil, além de outras providências inerentes á instituição.
A data foi escolhida porque foi em 14 de Dezembro de 1981 que a Lei Complementar nº 40 - responsável por definir as regras gerais do Ministério Público Federal - foi sancionada.
Dia 14 - Dia da Amizade
O Dia da Amizade ou o Valentine's Day comemora o dia de São Valentim, e muitos países o consideram ainda como o Dia dos Namorados, que no Brasil é celebrado em 12 de junho. 
Durante o governo do imperador Cláudio II, quando foram proibidas as realizações de casamentos, um bispo romano chamado Valentim continuou a fazer as celebrações em segredo. O imperador acreditava que os jovens solteiros e sem família para sustentar se alistariam com mais facilidade, por isso decretou a proibição. 
Após ser descoberto, Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava na prisão, diversos jovens visitavam o local para jogar flores e bilhetes com mensagens que diziam que eles acreditavam no amor. 
Entre estes jovens, havia a menina cega Astérias, que era filha do carcereiro. Ao visitar Valentim, com permissão dada pelo pai, os dois acabaram se apaixonando, o que fez com que milagrosamente ela recuperasse a visão. Ele escreveu cartas onde assinava "de seu Valentim", expressão que ainda é usada nos dias de hoje. 
Dia 15 - Dia do Gerente Bancário
A data celebra e homenageia o exercício de uma importante profissão para o crescimento da economia de um país: o gerente bancário.
Este profissional é o responsável por ajudar a orientar os clientes de um banco sobre quais as melhores opções de empréstimo e poupanças, por exemplo. Solucionam também dúvidas sobre como fazer transferências e outros serviços fornecidos pela agência bancária.
Dia 16 - Dia do Repórter

A data homenageia os profissionais responsáveis por transmitir através dos meios de comunicação fatos e informações de interesse público. Todo o repórter é jornalista, mas não são todos os jornalistas obrigatoriamente repórteres.
O repórter é um cargo que pode ser ocupado por um profissional que foi habilitado, através do curso de Jornalismo, para desempenhar a comunicação social por meio das mídias.
A principal tarefa do repórter é a cobertura de pautas e notícias, com investigação profunda dos fatos, entrevistas e produção de um texto explicativo, imparcial e direto para o leitor ou telespectador.
O cargo de repórter está presente em todas as áreas da comunicação social, seja na televisão, rádio, internet ou jornalismo impresso. A figura do repórter é imprescindível para a produção de conteúdos apurados e com qualidade profissional.
Dia 17 - Dia do Patrimônio Histórico (Brasil)
Comemora-se o Dia Nacional do Patrimônio Histórico na mesma data em que nasceu o historiador e jornalista Rodrigo Mello Franco de Andrade (Belo Horizonte-MG, 1898-1969). Por meio da Lei nº 378, de 1937, o governo Getúlio Vargas criou o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), onde o historiador trabalhou até o fim da vida.
Em seu esforço de preservação dos bens culturais do país, o IPHAN já tombou 16 mil edifícios, 50 centros urbanos e 5 mil sítios arqueológicos brasileiros. Dono de um acervo monumental, o instituto tem mais de um milhão de objetos catalogados, entre livros, arquivos, registros fotográficos e audiovisuais.
O Museu Nacional de Belas Artes, o Museu Imperial, o Museu Histórico Nacional, o Museu da República, o Museu da Inconfidência, o Paço Imperial, a Cinemateca Brasileira e o Sítio Roberto Burle Marx são algumas das principais instituições sob a responsabilidade do IPHAN.
O Brasil tem ainda doze monumentos culturais e naturais na Lista do Patrimônio Mundial (World Heritage), da Unesco. Até 1999, havia 630 bens de 118 países inscritos nessa lista. Desses, 480 são patrimônios culturais, 128, naturais e 22, mistos.

Dia 18 - Dia Contra o Alcoolismo


Fevereiro é mês de combater os males causados pelas bebidas alcoólicas. Mas especificamente no dia 18, quando inicia a Semana Nacional de Combate ao Alcoolismo. O alcoólatra é considerado aquele em que se identifica prejuízo social e pessoal em consequência do abuso da bebida, além de sinais de abstinência e dependência do álcool.
No entanto, já há algum tempo, as forças estão voltadas a tratar daqueles que possuem características de risco, ou seja, as pessoas que têm tendências a se tornarem dependentes.
Especialistas já apontam para a necessidade de coibir o surgimento de novos alcoólatras, agindo com a conscientização de indivíduos que estão numa linha bem tênue entre o alcoolismo e o “beber socialmente”, termo bastante usado por bebedores em potencial.
Algumas orientações já são amplamente difundidas como saída. De acordo com os Institutos Nacionais de Saúde – NIH – dos Estados Unidos, quem não quer se tornar um alcoolista deve seguir algumas regras, como estipular uma dose máxima por dia (o ideal é que seja uma para mulheres e duas para homens), evitar beber em casa ou sozinho, tomar água, suco ou refrigerante para dar uma pausa no álcool, são algumas das medidas preventivas para refrear os dipsomaníacos.
Dados do Ministério da Saúde mostram que o hábito de consumir excessivamente bebidas alcoólicas vem crescendo ano a ano no Brasil. Segundo a avaliação, quase 20% dos brasileiros estão entre os que bebem demais.
Em todo o caso, é bom lembrar que beber demasiadamente líquidos com teor alcoólico é prejudicial em vários aspectos. Além de ruir com sua saúde, o álcool causa 50% dos acidentes de trânsito, segundo o Detran.
O alcoolismo também é responsável por destruir famílias e a vida social de quem bebe muito também pode ir gargalo abaixo, já que ninguém gosta daquele bêbado chato importunando em qualquer ocasião.
Dia 19 - Dia dos Acadêmicos do Direito
O Direito é a ciência que estuda a aplicação das normas jurídicas vigentes em determinado país e visa organizar relações jurídicas entre grupos ou indivíduos na sociedade. O acadêmico de direito será, no futuro, o profissional que vai zelar pela correção de conflitos decorrentes da relação entre os cidadãos, pessoas jurídicas e entes do poder público, e ainda pela harmonia nas relações sociais.
O estudo do Direito abre um leque de possibilidades, são muitos os caminhos para os quais o acadêmico de direito poderá seguir. Quando formado, ele será bacharel em Direito e poderá optar entre a carreira como advogado ou ainda se candidatar a um cargo público.
Para atuar como advogado, o então bacharel em Direito precisa passar no exame da OAB e para seguir outras carreiras jurídicas, precisa passar em concurso público de provas e títulos.

O curso de direito

O curso de graduação em Direito é generalista e tem foco nas Ciências Humanas. Na maioria das universidades, os três primeiros anos da graduação são teóricos e possuem aulas de sociologia, filosofia, antropologia, economia, entre outros, além de matérias especificas das mais diversas áreas do direito, como constitucional, penal, empresarial e civil. Nos últimos dois anos, o acadêmico de direito irá ter aulas com foco na prática, tanto real quando simulada, para que saia do curso preparado para as situações corriqueiras e para os problemas práticos decorrentes do exercício da profissão.
Para obtenção do título de bacharel em direito, é necessária a apresentação de trabalho de conclusão de curso no último ano da graduação, trata-se da monografia, na qual o estudante realiza uma pesquisa cientifica sobre determinado tema e o apresenta perante uma banca examinadora composta por professores da casa.
O curso tem duração de cinco anos e é oferecido, em geral, apenas na modalidade presencial, para especialização em determinada área é necessária uma pós-graduação.
Para aqueles que tem como sonho seguir a carreira acadêmica, as melhores universidades do Brasil oferecem programas de mestrado e doutorado, com duração média de dois e cinco anos, respectivamente.
O profissional do Direito acaba por ser, durante toda a vida profissional, um acadêmico, já que a constante mudança das leis o leva a viver em constante estudo e atualização.

História

O dia 19 de maio foi escolhido como dia dos acadêmicos de direito porque é o dia de Santo Ivo, que é o padroeiro dos advogados. Santo Ivo foi um Frade Franciscano que estudou filosofia, teologia e Direito em Paris, e ao voltar para sua terra natal trabalhou como juiz, demonstrando sempre sua inteligência e sabedoria na defesa dos necessitados e injustiçados.
Santo Ivo era conhecido como advogado dos pobres e sua atuação ainda hoje serve de inspiração para todos os profissionais da área jurídica, por seu senso de justiça e imparcialidade
Dia 20 - Criação do Correio Aéreo Nacional (1931)
O Correio Aéreo Nacional (CAN) é um serviço postal militar brasileiro iniciado em 1931. Tem por objetivo integrar as diversas regiões do país e permitir a ação governamental em comunidades de difícil acesso, possuindo relevante papel social. Atua também como instrumento de integração entre os países da América do Sul. É de competência exclusiva do governo federal[1] e mantido pela Força Aérea Brasileira através do COMGAR (Comando-Geral de Operações Aéreas)[2].
Originalmente denominado Serviço Postal Aéreo Militar, foi denominado logo em seguida como Correio Aéreo Militar. Com a criação do Ministério da Aeronáutica, em 1941, foram unidos o Correio Aéreo Militar (mantido pelo Exército Brasileiro) e o Correio Aéreo Naval (mantido pela Marinha do Brasil), constituindo-se o CAN.

Dia 21 - Dia Internacional da Língua Materna 
Criada pela UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, em 17 de novembro de 1999, o Dia Internacional da Língua Materna tem o objetivo de promover a diversidade linguística e cultura entre as diferentes nações.
Além disso, esta data também convida a todos os países membros da UNESCO e suas matrizes a refletirem sobre a preservação das particularidades linguísticas e culturais de cada sociedade.

Origem do Dia Internacional da Língua Materna

A ideia para proclamar um dia dedicado à língua materna surgiu a partir do Dia do Movimento da Língua, criado em 1952 e celebrado desde então em Bangladesh.
Um grupo de estudantes organizaram uma campanha para incluir o bengalês como uma das línguas oficiais do Paquistão, em 21 de fevereiro de 1952. No entanto, acabaram sendo todos assassinados por forças policiais, que atearam fogo em seus corpos.
Este movimento em prol da inclusão do bengalês começou quando Muhammad Ali Jinnah, general paquistanês, declarou que o idioma Urdu passaria a valer como língua oficial tanto no Paquistão do Oeste, como no Leste (local que tinha como língua principal o bengali).
Dia 22 - Criação do IBAMA pela Lei nº 7.735 (1989)
O IBAMA é o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis criado em 22 de fevereiro de 1989 pela Lei n. 7.735 para substituir quatro órgãos governamentais relacionados ao meio ambiente (o IBAMA pode ser considerado a fusão dos quatro): a SEMA, Secretaria do Meio Ambiente, a SUDHEVEA, Superintendência da Borracha, a SUDEPE, Superintendência da Pesca e o IBDF, Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal.
O trabalho mais conhecido do IBAMA é o de fiscalização. Desde sua criação o Instituto age em todos os estados para garantir que sejam preservados nossos patrimônios naturais e cumpridas as leis. Até a década de 90 a fiscalização pelo IBAMA era realizada de acordo com denúncias e tinha seu foco na repressão às atividades ilegais e atendimento de emergências como desmatamentos e incêndios.
Dia 23 - Dia do Rotariano (Rotary Club)

Servir à comunidade, participar junto ao mundo, criando boa vontade e ter melhores amizades. Ou seja: ‘Dar de si, antes de pensar em si’”. Essas são as atitudes de quem está acostumada a fazer boas ações
O Rotary Clube Internacional foi fundado em Chicago, nos Estados Unidos, no ano de 1905. Completa, portanto, 112 anos em 2017. Desde então o ideal iniciado pelo advogado Paul Percy Harris e mais três amigos, permanece vivo até os dias de hoje.
Atualmente, existem mais de 35 mil clubes espalhados por todo o planeta, com 1.230.000 associados. Só no Brasil, são mais de 2,3 mil clubes Rotary. Todos são necessariamente filiados ao Rotary Internacional, uma associação federativa, com poder normatizador. Não há hierarquia nos clubes, todos têm os mesmos direitos e obrigações.

Dia 24 - Promulgação da 1ª Constituição da República do Brasil (1891)

A elaboração da constituição brasileira de 1891 iniciou-se em 1889. Após um ano de negociações, a sua promulgação ocorreu em 24 de fevereiro de 1891. Esta constituição vigorou durante toda a República Velha e sofreu apenas uma alteração em 1926.[1]

No início de 1889, iniciaram-se as discussões para a elaboração da nova constituição, que seria a primeira constituição republicana e que vigoraria durante toda a Primeira República. Após um ano de negociações com os poderes que realmente comandavam o Brasil, a promulgação da constituição brasileira de 1891 aconteceu em 24 de Fevereiro de 1891. Os principais autores da constituição da Primeira República foram Prudente de Morais e Ruy Barbosa.
A elaboração da constituição brasileira de 1891 iniciou-se em 1889. Após um ano de negociações, a sua promulgação ocorreu em 24 de fevereiro de 1891. Esta constituição vigorou durante toda a República Velha e sofreu apenas uma alteração em 1926.[1]
A constituição de 1891 foi fortemente inspirada na Constituição da República Argentina, na constituição dos Estados Unidos da América e na Constituição Federal da Suíça[2], fortemente descentralizadora dos poderes, dando grande autonomia aos municípios e às antigas províncias, que eram chamadas de "estados", cujos dirigentes passaram a ser denominados "presidentes de estado". Foi inspirada no modelo federalista estadunidense, permitindo que se organizassem de acordo com seus peculiares interesses, desde que não contradissessem a Constituição. Exemplo: a constituição do estado do Rio Grande do Sul permitia a reeleição do presidente do estado.
Consagrou a existência de apenas três poderes independentes entre si, o Executivo, o Legislativo e o Judiciário. O antigo Poder Moderador, símbolo da monarquia, foi abolido. Os membros dos poderes Legislativo e Executivo seriam eleitos pelo voto popular direto, caracterizando-os como representantes dos cidadãos na vida política nacional.

O regime de governo escolhido foi o presidencialismo. O mandato do presidente da República, eleito pelo voto direto, seria de quatro anos, sem direito à reeleição para o mandato imediatamente seguinte, sem contudo haver impedimentos para um mandato posterior. Tanto é que Rodrigues Alves foi o primeiro presidente reeleito do Brasil – apesar de não ter assumido por morrer às vésperas da posse por gripe espanhola. O mesmo valia para o vice-presidente. É interessante notar que, à época, o vice-presidente era eleito independentemente do candidato à presidência da República, o que em princípio permitia a escolha do da oposição, o que dificultava o Governo. Também, no caso de morte ou renúncia do Presidente, seu vice assumia apenas até serem realizadas novas votações, não tendo que ficar até ser completado o respectivo quadriênio, como ocorre atualmente. Claro que isso deu margem a alguns vice-presidentes, como Delfim Moreira, para prolongarem seus mandatos, dificultando a promoção de novas eleições presidenciais. Por fim, as eleições para Presidente e vice ocorriam no 1.º de março, tomando-se as posses no 15 de novembro.
Quanto às regras eleitorais, determinou-se que o voto no Brasil continuaria "a descoberto" (não-secreto) – a assinatura da cédula pelo eleitor tornou-se obrigatória – e universal. Por "universal" entenda-se o fim do voto censitário, que definia o eleitor por sua renda, pois ainda se mantiveram excluídos do direito ao voto os analfabetos, os praças-de-pré, os religiosos sujeitos à obediência eclesiástica e os mendigos. Além disso, reservou-se ao Congresso Nacional a regulamentação do sistema para as eleições de cargos políticos federais, e às assembleias estaduais a regulamentação para as eleições estaduais e municipais, o que mudaria apenas a partir da constituição de 1934, com a criação da Justiça Eleitoral. Ficou mantido o voto distrital, com a eleição de três deputados para cada distrito eleitoral do país.

Definiu-se, também, a separação entre a igreja e o Estado: as eleições não ocorreriam mais dentro das igrejas, o governo não interferiria mais na escolha de cargos do alto clero, como bispos, diáconos e cardeais, e extinguiu-se a definição de paróquia como unidade administrativa – que antigamente poderia equivaler tanto a um município como também a um distrito, vila, comarca ou mesmo a um bairro (freguesia). Além disso, o País não mais assumiu uma religião oficial, que à altura era a católica, e o monopólio de registros civis passou ao Estado, sendo criados os cartórios para os registros de nascimento, casamento e morte, bem como os cemitérios públicos, onde qualquer pessoa poderia ser sepultada, independentemente de seu credo. O Estado também assumiu, de forma definitiva, as rédeas da educação, instituindo várias escolas públicas de ensino fundamental e intermediário. Essa separação viria a irritar a Igreja, aliada de última hora dos republicanos e que só se reconciliaria com o Governo durante o Estado Novo, bem como ajudaria a incitar uma série de revoltas, como a Guerra de Canudos.

Por fim, extinguiam-se os foros de nobreza, bem como os brasões particulares, não se reconhecendo privilégio aristocrático algum. É certo que alguns poucos, geralmente os mais influentes entre os republicanos, mantiveram seus títulos nobiliárquicos e brasões mesmo em plena República, como o barão de Rio Branco, mas isso mais por respeito e cortesia. Há que se ressaltar que, pela nova constituição, o brasileiro que aceitasse alguma titulação estrangeira que contradissesse os preceitos republicanos da carta de 1891, sem autorização expressa do Congresso, perderia seus direitos políticos. Também, as antigas ordens honoríficas imperiais que ainda remanesciam, a Imperial Ordem do Cruzeiro e da Imperial Ordem de Avis, foram oficialmente extintas, sendo posteriormente substituídas pelas ordens Nacional do Cruzeiro do Sul e do Mérito Militar – que mantiveram muitas das características de suas antecessoras. Essa continuidade simbólica também se fez notar no pavilhão nacional e no hino, cuja música já era considerada, de forma não-oficial, o hino nacional desde o Segundo Reinado.

Visando fundamentar juridicamente o novo regime, a primeira constituição republicana do país foi redigida à semelhança dos princípios fundamentais da carta estadunidense, embora os princípios liberais democráticos oriundos daquela Carta tivessem sido em grande parte suprimidos. Isto ocorreu porque as pressões das oligarquias latifundiárias, por meio de seus representantes, exerceram grande influência na redação do texto desta constituição, daí surgindo o Federalismo, objetivo dos cafeicultores paulistas para aumentar a descentralização do poder e fortalecer oligarquias regionais, esvaziando o poder central, especialmente o militar. A influência paulista, à época detentora de 5/6 do PIB nacional, é determinante, tendo ali surgido o primeiro partido republicano, formado pela Convenção de Itu. Posteriormente, aliar-se-iam aos republicanos fluminenses e mineiros, e aos militares.

Dia 25 - Criação do Ministério das Comunicações (1967)

O patrono das Comunicações no Brasil é Marechal Rondon, segundo escolha do próprio ministério, em 1971. Sua data de nascimento -5 de maio- é dedicada às Comunicações.

Em 25 de Fevereiro de 1967, foi criado o Ministério das Comunicações no Brasil. Este órgão é uma das esferas do poder executivo federal. Ele é o responsável pela criação e cumprimento das normas e leis que regem as políticas públicas das comunicações.

Suas principais atividades se dividem em três áreas de atuação:  a radiodifusão, os serviços postais e as telecomunicações.

A radiodifusão é um ministério que coordena as concessões de emissoras de rádio e televisão, em canal aberto.

Os serviços postais formulam e propõe políticas e novos serviços para o setor, efetua a técnica e controla as tarifas, além de fiscalizar os serviços postais existentes, monitorando a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

Nas comunicações,  a quebra do modelo monopolista, em 1995, abriu o mercado brasileiro para a oportunidade de serviços de telefonia a um baixo custo, seriam eles o, móvel  banda B, serviços via satélite, redes corporativas, etc.

“Em 16 de julho de 1997 foi aprovada a LGT, Lei Geral de Telecomunicações, que definiu as linhas e ternos gerais de um novo modelo institucional e criou um órgão regulador independente, a Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL)”.

Dia 26 - Dia do Comediante

Comediante é a pessoa que faz uso do humor nas artes cênicas, podendo participar de espetáculos, filmes, seriados e mais. Comédia é a categoria que define tudo o que é engraçado e que faz o seu público rir. 
Segundo os artistas, para atuar como comediante a pessoas deve ter um ritmo, conhecido como timing, que identifica qual o melhor momento para fazer alguma coisa engraçada.
Atualmente, o dia 26 de fevereiro serve como uma data especial onde é celebrado o Dia do Comediante 
Dia 27 - Dia Nacional do Livro Didático
Esta data homenageia uma das ferramentas essenciais para a formação educacional dos alunos: o livro didático.
O livro didático reúne as informações que o aluno necessita para ajudar a desenvolver o seu conhecimento, em todas as etapas da educação – desde o ensino fundamental até os superiores.
Os livros didáticos também são muito importantes para orientar os educadores (professores), no processo de ensino e aprendizagem.
Desde 1985, o Brasil mantém o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), que fornece todos os livros didáticos para os alunos das redes públicas de ensino de todo o país.
No entanto, a trajetória do livro didático no Brasil começou em 1929, com a crianção do Instituto Nacional do Livro (INL), órgão com a função específica de legislar esta area no país.
Atividades para o Dia Nacional do Livro Didático
Nesta data, educadores e alunos podem participar de diversas atividades em conjunto, que ajudam a conscientizar sobre a importância do livro didático no processo de educação e ensino.
Faça marcadores de livros com seus alunos;
Faça capas protetoras de livros com seus alunos, reforçando a ideia de preservar muito bem o livro para ser reaproveitado por outros estudantes no futuro;
Faça ou promova uma redação sobre a importância do livro didático para o processo educativo.
Dia 28 - Dia Mundial do Hambúrguer

Dia 28 de maio é comemorado o dia do Hambúrguer, um dos pratos mais amados e consumidos mundialmente. O hambúrguer é o principal símbolo do Fas-Food, e pode ser encontrado de várias maneiras, desde o modesto pão, carne e queijo, aos mais
elaborados como no General Pepper que podem conter molho agridoce, molho barbecue, costela suína, alcatra, muçarela de búfala e diversos outros ingredientes. No Brasil esta iguaria chegou na década de 50 para fazer parte de nossos paladares.
O Hambúrguer possui uma história controversa, o que sabemos de concreto é o fato de que os EUA não foram os criadores desta comida, e sim contribuintes ao acrescentarem pão ao Hambúrguer, isso quando o hambúrguer chegou á América trazido por imigrantes alemães vindo de Hamburgo.
Diferente do que se tem notícia, o Hambúrguer foi criado no século 13 na Mongólia – e não no século 17 na cidade de Hamburgo, na Alemanha -, quando os cavaleiros amaciavam a carne, colocando ela debaixo da cela do cavalo.

Apesar dos Americanos não serem os criadores do hambúrguer, foi a partir dos EUA que este prato conquistou o mundo, sendo
hoje o país onde mais se consome hambúrgueres anualmente.
A necessidade de se otimizar tempo, ingerindo pratos rápidos aliado aos diversos sabores e ingredientes, impulsionam este
consumo. As pessoas estão ficando com o paladar mais exigente, e por isso o mercado dos “Hambúrgueres Gourmet” se faz
cada dia mais presente, levando iguarias e ingredientes especiais aos mais exigentes consumidores.

Dia 29 - Dia de ano bisexto

Chama-se ano bissexto o ano ao qual é acrescentado um dia extra, ficando ele com 366 dias, um dia a mais do que os anos normais de 365 dias, ocorrendo a cada quatro anos (exceto anos múltiplos de 100 que não são múltiplos de 400). Isto é feito com o objetivo de manter o calendário anual ajustado com a translação da Terra e com os eventos sazonais relacionados às estações do ano. O anterior ano bissexto foi 2016 e o próximo será 2020.
A origem do nome bissexto advém da implantação do Calendário Juliano em 48 a.C. que se modificou evoluindo para o Calendário Gregoriano que hoje é usado em muitos países a todos os quais ocorrem os anos bissextos.
Dentro de um contexto histórico, a inclusão deste dia extra, dito dia intercalar, ocorreu e é feita em calendários ditos solares em diferentes meses e posições. No Calendário Gregoriano é acrescentado ao final do mês de Fevereiro, sendo seu 29º dia.
Hoje a expressão bissexto vez ou outra é associada ao duplo seis (66) da expressão 366, o que expressa uma coerência mnemônica popular, porém, aos estudiosos é um grande e histórico equívoco.





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Datas comemorativas de Janeiro